Estudantes começam a utilizar a quarta parcela do vale-alimentação

O valor foi disponibilizado no cartão dos estudantes na segunda-feira (26)

Em 28/10 de 2020

Secom Bahia | Foto: Elói Corrêa/GOVBA

Pela quarta vez, desde que começou a pandemia por conta do novo coronavírus, o governo estadual liberou R$ 44 milhões para garantir um vale-alimentação estudantil no valor de R$ 55 aos cerca de 800 mil alunos da rede pública de ensino baiana. O valor foi disponibilizado no cartão dos estudantes nesta segunda-feira (26) e somente pode ser utilizado na compra de produtos do gênero alimentício, a exemplo de feijão, arroz, macarrão, carne, frutas, verduras e café.

Para ter acesso à quarta parcela, o aluno ou o responsável devem usar o mesmo cartão Alelo que foi utilizado anteriormente e é aceito em mais de 18 mil estabelecimentos espalhados pela Bahia. “A quarta parcela segue os mesmos moldes das outras três. Os estudantes já possuem o cartão e as regras são as mesmas. Caso haja algum problema para efetuar o pagamento, o estudante pode entrar em contato com o número fornecido no verso do cartão e, se o problema persistir, ele pode ir diretamente à escola em que estuda”, explica o secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues.

Estudante do primeiro ano no Colégio Central, Natasha Alves, 16 anos, conta que o auxílio deu um alívio nas contas de casa. “É um valor muito importante para mim e acredito que para muitas outras pessoas, principalmente nesse período de dificuldade que estamos vivendo. Tivemos que cortar algumas coisas em casa e esse dinheiro ajudou meu pai a continuar comprando as merendas que gosto”, garante.

Com mais esses R$ 44 milhões, o valor aplicado pelo Estado no pagamento do auxílio aos alunos chega a R$ 176 milhões. Os R$ 55, valor médio de uma cesta básica na Bahia, foi a forma que o governo encontrou para contribuir alimentar e socialmente com os estudantes e as respectivas famílias durante a pandemia. Além disso, o auxílio tem contribuído para movimentar a economia nos 417 municípios baianos.

Jerônimo lembra que a Bahia é o único estado brasileiro a disponibilizar o vale para todos os estudantes da rede e que outros investimentos têm sido feitos com o intuito de garantir a segurança dos alunos e da comunidade escolar. “Temos feito um grande investimento também no protocolo preparatório para a volta às aulas, que envolve termômetros, álcool em gel, dispensores, máscaras, fardas extras. Tudo isso para assegurar um retorno seguro”, conclui.

Orientações

A Secretaria da Educação do Estado reforça a orientação para que vá ao supermercado apenas um membro da família, seguindo todas as normas de segurança, como o uso de máscaras de proteção individual, em função da pandemia pelo novo coronavírus.

Em caso de dúvidas, o estudante pode entrar em contato com a escola onde está matriculado. A secretaria também disponibiliza os canais da Ouvidoria pelo 0800 284 0011, pelo e-mail ouvidoria@educacao.ba.gov ou pelo Fale com a Ouvidoria, disponível no Portal da Educação.

Seja integrante de nossos grupos de WhatsApp!
Falabarreiras Notícias 01
Falabarreiras Notícias 02
Falabarreiras Notícias 20

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.