COVID-19 em Barreiras

Barreiras atinge marca de 6.080 casos confirmados de coronavírus

Na última semana, houve um aumento de 23,1% na média móvel de casos novos registrados

Em 17/11 de 2020

A Secretaria de Saúde de Barreiras, Oeste da Bahia, divulgou outro boletim com informações sobre a situação da contaminação COVID-19 na cidade.

Até o momento, 6.080 casos já foram confirmados através do Teste Rápido e RT-PCR. Desse grupo, 5.706 estão recuperados, 272 estão em isolamento domiciliar e oito pessoas seguem internadas em função da doença. O município ainda registra 94 óbitos. Além disso, 125 pessoas estão aguardando os resultados dos testes.

No boletim dessa segunda-feira (16) consta que foram identificados 18 novos casos suspeitos de contaminação pela COVID-19. Esse grupo é composto por dez pessoas do sexo feminino com idades entre 18 e 55 anos, e oito pessoas do sexo masculino, entre 19 e 68 anos.

A Secretária de Saúde de Barreiras também informou que nessa segunda-feira (16) foram concluídos 71 resultados, sendo que 55 testaram negativo e 16 testaram positivo.

Barreiras registra uma tendência de crescimento na média móvel de casos

O Boletim Informativo produzido pelo Grupo de Trabalho para Gerenciamento da Covid-19 da Universidade Federal do Oeste da Bahia (GTG-COVID/UFOB), em colaboração com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA) – Campus Barreiras e da Universidade do Estado da Bahia (UNEB) – Campus IX – Barreiras, referente a semana do dia 9 a 12 de novembro, registrou algumas mudanças importantes nos dados da doença no município.

De acordo com o boletim, Barreiras apresentou uma tendência de crescimento na média móvel de casos novos registrados, que sofreu um aumento de 23,1%. Além disso, Barreiras se destaca como um dos municípios com maior predominância de casos ativos da doença e por apresentar um dos maiores coeficientes de incidência de COVID-19 na região, o que indica que a população barreirense está sujeita a um maior risco de adoecimento por conta do coronavírus.

O boletim ainda reforça que a pandemia ainda não acabou e que o cenário atual da doença na região pode sofrer mudanças importantes dependendo do comportamento e das medidas adotadas ou não pela população e pelo poder público. A adoção de medidas de prevenção orientadas pelas autoridades sanitárias é fundamental nesse período de pandemia.

Seja integrante de nossos grupos de WhatsApp!
Falabarreiras Notícias 01
Falabarreiras Notícias 02
Falabarreiras Notícias 20

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.