30/setembro/2013- Atualizado em 30/09/2013 16:46:30

Conheça os tipos de Hemofilia

saude

Sede da Secretaria de Saúde em Salvador

Existem dois tipos de hemofilia identificados pela medicina: A e B. O que diferencia um do outro é o fator de coagulação do sangue que o organismo dos portadores da doença não fabricam. A hemofilia A, a mais comum, com 70% dos registros, ocorre por deficiência do Fator VIII, enquanto a B, 30% dos casos, por deficiência do Fator IX.

A gravidade da doença está relacionada ao nível plasmático de atividade coagulante do fator deficiente que pessoa tem no organismo. Conforme explica a hematologista Anelisa Streva, do Hemoba, ele pode variar entre grave, moderado e leve. “A gravidade da doença está relacionada com a quantidade de fator coagulante que é produzido pelo organismo do paciente. Pacientes graves, por exemplo, produzem menos de 1% do fator. Já quem produz entre 1% e 5% é considerado em estágio moderado. A partir de 5% o paciente é diagnosticado com hemofilia leve”, diz.

Na forma leve, que pode passar despercebida até a idade adulta, o sangramento geralmente ocorre em cirurgias, extrações dentárias ou traumas maiores. Muitas vezes, quando não ocorre um desses eventos, a doença pode não ser diagnosticada.

O conteúdo de cada comentário é de exclusiva responsabilidade do autor e mensagens ofensivas não serão postadas.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!