06/abril/2014- Atualizado em 06/04/2014 10:56:55

Com 30 mil ingressos vendidos, final do Baianão promete fortes emoções para hoje

Angelo Paz | Correio da Bahia

Com parcial de 30 mil ingressos vendidos até ontem, o primeiro clássico da final do estadual já tem o maior público do futebol baiano em 2014. Partida será disputada às 16h de hoje

Hoje é dia do colorido Ba-Vi tomar conta, mais uma vez, da Fonte Nova. Com promessa de casa cheia, o clássico abre a decisão do estadual. Volta será em Pituaçu, próximo domingo (Foto: Robson Mendes)

Hoje é dia do colorido Ba-Vi tomar conta, mais uma vez, da Fonte Nova. Com promessa de casa cheia, o clássico abre a decisão do estadual. Volta será em Pituaçu, próximo domingo (Foto: Robson Mendes)

Antes mesmo de começar, o Ba-Vi de hoje, às 16h (TV Bahia), na Fonte Nova, se apresenta especial. Com parcial de 30 mil ingressos vendidos até ontem, às 18h30, o primeiro clássico da final do estadual já tem o maior público do futebol baiano em 2014 – supera fácil o último Ba-Vi, vencido pelo Bahia por 2×0, com 25.648 pessoas pagando ingresso.

Empolgação impulsionada pelo caráter decisivo e por diversos detalhes que, mais uma vez, temperam o encontro baiano. O Bahia vai chegar ao sexto clássico invicto? O Vitória vai ampliar a vantagem pra jogar mais tranquilo em Pituaçu? Dá Maxi ou Souza? Ney Franco, enfim, vence seu primeiro Ba-Vi? Com 97 gols, a nova Fonte terá o centésimo hoje? Difícil responder…

De certo é que essas respostas estão guardadas para depois de mais um capítulo deste duelo com 83 anos de história. Após ganhar o título em 2012, o Bahia conta hoje com 90% da torcida para encaminhar a meta de evitar mais um bicampeonato rubro-negro.

Por outro lado, o Vitória, mesmo em minoria na arquibancada, planeja vencer para salvar um semestre marcado por eliminação vexatória na Copa do Nordeste e derrota no último clássico. Portanto, corra. Ainda dá para garantir a vaga no clássico Ba-Vi.

Tags:

O conteúdo de cada comentário é de exclusiva responsabilidade do autor e mensagens ofensivas não serão postadas.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!