“Bloco da Rôla” agora é Patrimônio Cultural Imaterial de Barreiras

O bloco surgiu no ano de 1969 por meio da ideia de alguns amigos que pegaram uma gaiola e saíram atrás de uma Rola Fogo Pagô, uma espécie de pomba muito comum na região Oeste

Em 22/05 de 2019

Foto destaque: Arquivo Bloco da Rôla

A Câmara Municipal de Barreiras aprovou nessa terça-feira (21), o Projeto de Lei 037/2019, que propõe que o “Bloco da Rôla” seja reconhecido como Patrimônio Cultural lmaterial do município.

A propositura de autoria dos vereadores: Eurico Queiroz (PRB), João Felipe (PTB), Hipólito dos Passos (PTC), Nereu do Gás (Rede) e Beza (PSL), tem por objetivo resgatar e preservar a cultura dos blocos tradicionais na cidade.

Após 25 anos de ausência nos carnavais barreirenses, em 2009, o bloco retornou de forma triunfante à folia momesca, confirmando os sentimentos dos seus fundadores. Diante disso, em 2010 a população carnavalesca se sentiu parte desta história que aderiu de forma expressiva motivando o bloco a continuar nos carnavais vindouros.

De acordo com o projeto, o bloco dará continuidade no sentido de animar, alegrar e festejar a folia momesca, tão rica em sua manifestação cultural, trazendo um bloco cultural democrático, sem cordas, sem fins lucrativos, que insere também a população de baixa renda.

Errata:

A propositura foi assinada por todos os vereadores com exceção do vereador Marcos Reis (PSDB). O presidente da Casa, vereador Eurico Queiroz (PRB), foi um entusiasta e fez questão de agilizar o processo.

1 comentário

Demetrius Macêdo
Comentou em 22/05/19

Excelente iniciativa para q uma entidade como esta não mais volte a ficar choca, de molhi, sem desfilar pelas ruas do CH. A Rôla tem que voar todos os anos. Parabéns pelo acolhimento dos nobres edis.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.