11/fevereiro/2019- Atualizado em 11/02/2019 8:26:59

Barreiras: Canal a céu aberto; problema visível, inimigo invisível

Problema provoca insegurança e desconforto para a população

O crescimento desordenado e a falta de infraestrutura urbana outrora do município, fez com que ocorresse uma ausência de planejamento em relação ao saneamento básico em Barreiras. Esse fato ocasionou um despejo sistemático de esgoto sanitário, tornando-se um problema ambiental, social e de saúde pública. Avaliado como polo de desenvolvimento da região Oeste, o município agora corre para conseguir atender às demandas que surgem através do crescimento populacional e da criação de novos bairros.

Dentre alguns desses problemas da área urbana da cidade, destacam-se os canais sem cobertura do bairro Santa Luzia e o que vai da Avenida Clériston Andrade até o Rio Grande, que seriam para águas pluviais, mas recebem todo o esgoto que deveria ser mandado por canalizações fechadas até a rede coletora e permanece a céu aberto, causando transtornos para as pessoas devido ao mau cheiro insuportável que exala e prejudica a saúde, causa desconforto e desperta críticas de visitantes.

Segundo o prefeito Zito Barbosa, a solução do problema é uma obrigação da Embasa, que é a titular responsável pela gestão, implantação, ampliação e melhorias dos serviços de água e esgoto no município. Informou ainda que a cidade conta com somente 64% de tratamento em relação ao coletado. “Nós enfrentamos mais um agravante, pois infelizmente a população paga a taxa de esgoto e não liga a rede doméstica na rede coletora da concessionária, por isso temos ainda muitos esgotos ligados a esses canais. A novidade é que ainda neste mês daremos a ordem de serviço para a construção do canal do bairro Santa Luzia”, finalizou o prefeito.

Resta saber quando o poder público ou a gestora responsável pelo esgoto vai tomar providências para solucionar esse problema que afeta o meio ambiente, matando aos poucos o rio Grande, maior afluente da margem esquerda do rio São Francisco?

O conteúdo de cada comentário é de exclusiva responsabilidade do autor e mensagens ofensivas não serão postadas.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!