Sua empresa está imune a uma pandemia?

Muitos empresários estão se tornando doutores em coronavírus

Em 02/05 de 2020

Por: Me. Emerson Cardoso | Mestre em Gestão Social e Desenvolvimento Territorial; Gerente Regional do Sebrae no Oeste da Bahia

Normalmente vem através de um vírus cujo efeitos são quedas contínuas nas vendas, dificuldades em honrar compromissos de curto prazo, fluxo de caixa desajustado, equipe desmotivada e liderança sem rumo. Pode ser sintomático, quando há ferramentas que avaliam os impactos no seu negócio, ou assintomático, que não se tem ideia do estrago causado e suas possíveis consequências na empresa.

Sinceramente, os sintomas são novos? Para muitas empresas, não. Mas, certamente foram aprofundados com o advento de uma pandemia desgovernada. O fato é que muitos empresários estão se tornando doutores em coronavírus. Pela proficiência das palavras e rápido diagnóstico do problema, poderiam se tornar ministro da saúde ou galgar um assento na OMS (Organização Mundial da Saúde). O curioso é que utilizam grande parte do seu precioso tempo para debater temas que não controlam ou que não têm poder de decisão.

O momento é para avaliar o modelo de gestão da sua empresa. Focar nas variáveis clientes, processos, pessoas e finanças que você pode controlar ou decidir. Cuidado com as respostas prontas e imediatas. 80% dos empresários pensam exclusivamente em diminuir custos e reduzir despesas. Esquecem de ouvir os funcionários, estreitar o relacionamento com os clientes, fazer parceria com fornecedores, simplificar procedimentos, melhorar o posicionamento digital ou inovar no que já faz.

As pessoas não deixaram de ter necessidades. E deverão ter novas! Entenda qual o real problema que o seu cliente tem nesse momento e como sua empresa pode resolver. Os aplicativos de mobilidade urbana, por exemplo, não estão deslocando pessoas, mas coisas (levando compras de supermercados, farmácias). Os salões de beleza estão vendendo produtos e realizando orientações online de como aplicá-los. As oficinas mecânicas estão lembrando os clientes da revisão do carro e buscam o veículo na residência sem nenhum contato físico com o proprietário.

Além do vírus, o crescimento da digitalização dos negócios segue em ritmo exponencial. Fique atento! Comércio online vai se consolidar como a principal opção de compras. Se existia alguma dúvida, acabou. Sua empresa participa de quantas plataformas de vendas? Como o cliente tem acesso aos serviços e produtos além da loja física? A telemedicina foi aprovada durante a pandemia e não deve retroceder. Educação à distância é uma realidade em todos os níveis. Quem ainda não se adaptou a esses novos tempos vai ficar para trás.

Não existe roteiro único para lidar em uma situação pandêmica com forte desaceleração econômica. No entanto, ferramentas de gestão sempre aumentam a imunidade empresarial e minimizam os efeitos devastadores de qualquer crise. O caos não pode paralisar. É hora de agir no presente e criar o futuro. Definir estratégias para sobreviver, atravessar a maré alta e planejamento para aproveitar as oportunidades pós surto.

Uma coisa é certa: o mundo não será o mesmo. As pessoas e os negócios também. Estamos diante da maior mudança econômica, social e cultural que a nossa geração já presenciou. Esteja aberto a novas descobertas e sempre questione suas próprias crenças… E a sua empresa? No que ela vai se transformar? Não sei! Mas, com certeza, a reinvenção no seu negócio vai começar por você.

1 comentário

Enivaldo Piloto
Comentou em 02/05/20

Excelentes reflexões. A pandemia altera as necessidades dos clientes e o modo em que as empresas operam. Exigirá de todos, principalmente dos líderes, ter uma postura de receptividade do novo e agir visando aproveitar as oportunidades.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.