Professores do Cetep visitam a Fazenda Modelo

Rassana Milcent | Ascom Aiba Convidados para um café da manhã e um bate-papo informal, os professores do Centro Territorial de Educação Profissional (Cetep), de Barreiras, compareceram à Fazenda Modelo do projeto Jovem Aprendiz na Propriedade Rural, localizada no Projeto da Codevasf, Barreiras Norte, no dia 11 de abril. O convite foi feito pelo superintendente […]

Em 28/04 de 2015

Rassana Milcent | Ascom Aiba

01Convidados para um café da manhã e um bate-papo informal, os professores do Centro Territorial de Educação Profissional (Cetep), de Barreiras, compareceram à Fazenda Modelo do projeto Jovem Aprendiz na Propriedade Rural, localizada no Projeto da Codevasf, Barreiras Norte, no dia 11 de abril. O convite foi feito pelo superintendente do Instituto Aiba, Helmuth Kieckofer, para apresentar o projeto e possibilitar a integração com as atividades oferecidas durante o aprendizado.

O superintendente explicou que durante 10 meses, os alunos têm aulas teóricas e práticas na fazenda, somando um total de 800 horas aulas sobre Matemática Aplicada, Saúde do Trabalhador Rural, Importância das Culturas do Milho, Soja e algodão, Preparo do Solo, Manejo da Cultura, Manejo Fitossanitário e Irrigação, dentre outras. No final do curso, os jovens recebem um certificado de formação emitido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), dentro das determinações do Código Brasileiro de Ocupações.

Atualmente, a estrutura da Fazenda Modelo inclui um auditório, salas de aula, escritório, cozinha, banheiros, área de plantio e um trator. O laboratório para identificação de pragas está em fase de finalização.

O diretor administrativo da Aiba e presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Barreiras, Moisés Schmidt, disse aos professores que a intenção é melhorar e ampliar o projeto. “Esses jovens precisam estar mais perto do que é a realidade do agronegócio do Oeste da Bahia hoje”, afirmou Schmidt.

O professor de Informática, Fábio Hora, quis saber como inserir a matéria que ensina na grade curricular do projeto Jovem Aprendiz. O produtor rural, Paulo Mizote, explicou que dentro de uma fazenda os sistemas de informação são fundamentais desde a utilização de softwares de gestão nos processos administrativos até o controle da colheita. Sobre a inserção da matéria no currículo do curso, quem respondeu foi o produtor Moisés Schmidt explicando que o Senar possui uma formatação de curso e conteúdo para as culturas de soja, milho e algodão, que precisa ser seguida. A inclusão de novas matérias só pode ser feita através de projetos diretamente ao Senar.

As professoras Fernanda da Paz e Caterine Pimentel perguntaram sobre como inserir alunos que não pertencem ao projeto, dentro da Fazenda Modelo. O superintendente explicou que isso poderá ser feito diretamente com o administrativo da Fazenda, porém é preciso antes que estejam definidas e registradas todas as responsabilidades dos parceiros envolvidos com o projeto.

Ao final do encontro, ficou claro que a fazenda Modelo só tem a contribuir para a formação de mão de obra capacitada e especializada para o mercado do agronegócio. “Nosso objetivo é promover a atualização do conhecimento e melhorar o padrão de remuneração e vidas das pessoas da região”, concluiu Mizote.

O Projeto Jovem Aprendiz é uma iniciativa da Aiba em parceria com a Faeb, Senar, Cetep, Codevasf, Sindicato dos Produtores Rurais de Barreiras, Ministério do Trabalho e Emprego e Ministério Público do Trabalho.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.