Presidente da Abapa acompanha reunião que apresenta Pacote Anticrime pelo ministro Sérgio Moro em Brasília

O projeto foi apreciado pela Câmara dos Deputados nesta quarta-feira (4), e pretende garantir maior rigorosidade na pena para crimes hediondos

Em 05/12 de 2019

Informações e fotos Ascom Abapa | Araticum Comunicação

O presidente da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), Júlio Cézar Busato, participou na última terça-feira (3) da reunião da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), que contou com a apresentação do Pacote Anticrime, pelo ministro da Justiça, Sergio Moro, que consiste no conjunto de medidas legais que reforçam a segurança pública no Brasil.

Ao prestigiar a apresentação e conhecer os detalhes do Pacote Anticrime, o presidente da Abapa reforça a importância do endurecimento da lei, e agradece os deputados da FPA pelo apoio ao projeto do Sérgio Moro. “É uma proposta benéfica para a sociedade como um todo e principalmente para o setor agrícola, que sofre com a segurança patrimonial e fundiária. Temos certeza que este é um avanço importante para garantir ainda mais segurança para os brasileiros”, afirma. Ainda foram aprovados no texto a condenação por Tribunal de Justiça que ultrapasse 15 anos e o fim da progressão de pena para condenados ligados às organizações criminosas.

Durante a reunião da FPA, o ministro Sérgio Moro destacou ainda que “o governo federal tem sido rigoroso para diminuição do crime, mas ainda há muito a ser feito para garantir melhores instrumentos legais”, reforça ao agradecer o apoio na aprovação do pacote anticrime pelo Congresso Nacional. A FPA é formada pelos deputados federais e senadores que debate junto aos agricultores, técnicos e profissionais do setor agrícola uma pauta para o desenvolvimento da agropecuária no Brasil.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.