Abapa encerra primeira edição do Conhecendo o Agro com premiação para alunos e professores

Cerca de 300 estudantes, professores e autoridades da região prestigiaram o evento que premiou alunos e professores

Em 18/11 de 2019

Ascom Abapa | Araticum Comunicação

O Programa Educacional Conhecendo o Agro, realizado desde maio pela Associação Baiana do Produtores de Algodão (Abapa) teve o encerramento da sua fase piloto na quinta-feira (14), no Centro de Treinamento da Associação, em Luís Eduardo Magalhães. Cerca de 300 estudantes, professores e autoridades da região prestigiaram o evento que premiou alunos e professores que se destacaram durante os seis meses de vigência do Programa, em 2019. A cerimônia foi uma forma de reconhecer os talentos revelados e as produções estudantis baseadas no princípio do Programa que é o de aproximar o agronegócio das pessoas.

O diretor da Abapa, Ernesth Baechtold, representando o presidente da associação, Júlio Cézar Busato, falou sobre os resultados esperados com o Conhecendo o Agro. “Desejamos que no futuro, muitos desses alunos estejam trabalhando no agro como produtores, pilotos, operadores de máquinas, técnicos e engenheiros agrônomos. Pelo excelente resultado dos trabalhos produzidos, a proposta do Programa foi amplamente alcançada”, comemorou. Carminha Missio, vice-presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia (Faeb), enfatizou o papel central do agronegócio no desenvolvimento da região. “Conhecer o agro, é conhecer a nós mesmos e o meio em que vivemos. Por isso faz sentido mostrar a conexão que cada jovem ou adulto tem com essa atividade”, disse.

Para o prefeito de Luís Eduardo Magalhães, Oziel Oliveira, o Programa abre uma nova forma de encarar o setor produtivo. “Quando o campo vai bem, a cidade também vai bem. Por isso precisamos mostrar aos mais jovens como o agronegócio reflete dentro da sociedade”, avaliou. Oliveria mencionou a importância do tripé ‘economia, meio ambiente e seres humanos’ dentro das perspectivas de desenvolvimento. A secretária de Educação de Barreiras, Cátia Alencar, que representou o prefeito Zito Barbosa, reconheceu a relevância do Conhecendo o Agro. “Enquanto nossos livros são atualizados, em média, de três em três anos, os avanços no agro, por meio das novas tecnologias, ocorrem diariamente. O nosso aluno, com o Programa, passa a ter essa visão de futuro”, destacou.

Os prêmios entregues foram resultado do aprendizado incorporando pelos estudantes das escolas Dom Ricardo Weberberger, Ângelo Bosa, Onero Costa Da Costa, Ottomar Schwengber e Vânia Aparecida Santos Riveiro, de Luís Eduardo Magalhães e do Colégio Municipal Padre Vieira, de Barreiras. Nos seis meses eles participaram de atividades propostas pelo Conhecendo o Agro, como palestras, visitas técnicas e eventos organizados pela Abapa e parceiros dos Programa, com foco no agronegócio, sustentabilidade e boas práticas no campo.

No município de Luís Eduardo Magalhães os vencedores da categoria “Desenho com frase” foram: Dhéssica Borges Costa (1º lugar) e Alberto Borges Júnior (2º), ambos são estudantes do 6º ano da Escola Municipal Ottomar Schwengber. Em Barreiras, na mesma categoria, a vitória ficou com Biwan Gomes dos Santos, estudante do 4º ano da Colégio Municipal Padre Vieira, seguido por Maíra Rocha Araújo, do 5º ano. Na modalidade “Produção Textual”, venceu, no município de Luís Eduardo Magalhães, Jeovana Pereira Abade, com Alessandro Rodrigues de Souza, em segundo lugar. Ambos estudam o 9º ano na Escola Municipal Onero Costa da Rosa. Os vencedores, nesta categoria, em Barreiras foram Rayssa Manuella Borges Araújo (1ª lugar) e Maiane dos Santos Souza (2ª lugar), estudantes do 8º ano do Colégio Municipal Padre Vieira.

A professora destaque de Luís Eduardo Magalhães foi Carine Merlugo, do 9º ano da Escola Municipal Ottomar Schwengber, com o projeto “Ph Metro Móvel”. E em Barreiras, a professora premiada foi Iracy Lacerda da Rocha Ribas, do 5º ano da Educação de Jovens e Adultos (EJA), com o projeto “Cordel do Agro”. Todos os demais professores, coordenadores pedagógicos e diretores das seis escolas participantes do Conhecendo o Agro em 2019 receberam placas de reconhecimento. Uma homenagem da Abapa pela entrega e dedicação destes profissionais durante o desenvolvimento do Programa.

O Conhecendo o Agro é uma realização da Abapa, com o apoio do Fundo para o Desenvolvimento do Agronegócio do Algodão (Fundeagro), Instituto Aiba (Iaiba), Senar/FAEB e prefeituras de Luís Eduardo Magalhães e Barreiras.

Deixe seu comentário

*
*
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Falabarreiras. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Falabarreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. É possível digitar até 600 caracteres. Os comentários que estiverem escritos em letras maiúsculas e tiverem links serão rejeitados.