10/setembro/2014- Atualizado em 10/09/2014 11:36:32

Abapa realiza curso de capacitação para operador de trator agrícola

Virgília Vieira | Ascom Abapa

01Com objetivo de capacitar operadores de tratores agrícolas, levando-os ao conhecimento prático e teórico à tecnologia aplicada nestes equipamentos, o Centro de Treinamento da Abapa (CTA), realizou entre os dias 25 e 29 de agosto, no Concessionário da Agrosul – John Deere, no distrito de Roda Velha, município de São Desidério, o Curso de Capacitação para Operadores de Trator Agrícola.

Para o coordenador do CTA, Douglas Fernandes, é atribuição do projeto assistir ao associado na transferência da tecnologia empregada nos tratores John Deere. “Entendemos que a otimização destas operações só será possível por meio da capacitação profissional. Dessa forma conseguiremos reduzir custos e elevar a capacidade produtiva das lavouras. Além do monitoramento técnico os treinamentos possuem acompanhamento pedagógico junto ao Senai, pois, entendemos que o perfil profissional destes operadores tornou-se fundamental para que se alcance resultados duradouros”, disse Douglas.

O treinamento foi dividido em 16 horas de aulas teóricas, que abordou: Noções básicas em NR-11, NR-12 e NR-31; Normas de segurança e procedimentos em situações de emergência; Direção defensiva; Noções de primeiros socorros; Identificação das fontes geradoras dos riscos à integridade física e à saúde do trabalhador; Noções sobre acidentes e doenças decorrentes da exposição aos riscos existentes na máquina e implementos; Especificações técnicas do equipamento; dentre outros. Já as aulas práticas foram de 24 horas, com análise de pontos críticos do equipamento e inspeção, regulagem e manutenção com segurança e operação da máquina e implementos com segurança.

Roanilson Marcelo de Jesus, operador há 3 anos, funcionário da Fazenda Decisão, afirma a necessidade de reciclagem na sua área. “Precisamos sempre aprender, pois o mercado está constantemente lançando novos tratores, e cada vez mais modernos. É a primeira vez que participo de um treinamento de cinco dias. Já participei de outros, só que não teve o mesmo aprofundamento que esse. A cada treinamento a gente aprende mais. Hoje eu vi coisas, tanto na parte teórica, quanto na prática que eu nunca tinha visto, como novos sensores que eu ainda não conhecia”, disse Roanilson.

Para o operador de máquinas da SLC, Gilmar Fernandes da Silva, que atua há 23 anos na profissão, a carga horária facilitou o aprendizado. “Já participei de quatro treinamentos, esse sem dúvida foi o que mais aprendi, tivemos tempo para aprofundar nos assuntos abordados, tirar dúvidas. Acredito que esse treinamento vai nos ajudar bastante, pois o que vimos aqui a gente colocará em prática no campo”, disse o operador.

Segundo o instrutor do Senai, Silmarques Nunes, além de capacitar o pessoal para desenvolver o melhor trabalho no campo, o curso também tem o intuito de cumprir a norma regulamentadora, que a legislação exige. “Aqui o aluno entende o princípio de funcionamento do trator, a parte de segurança, onde ele pode se acidentar e também a parte técnica da máquina. É um treinamento de 40 horas, em que a legislação exige no mínimo 24h. Porém, a gente entende que 24h é pouco. Com um treinamento de 40h, eles assimilam maior o conteúdo, e acabam ganhando em qualidade”, disse o instrutor.

O Centro de Treinamento da Abapa (CTA) faz parte do projeto Parceiros da Tecnologia, fruto da parceria com a Agrosul/John Deere, que disponibiliza os equipamentos necessários para as aulas práticas dos cursos, ministradas por uma equipe técnica do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) que certifica os profissionais treinados. O Projeto visa capacitar e qualificar operadores e mecânicos de equipamentos agrícolas, oferecendo o que há de melhor aos associados e produtores que fazem uso de máquinas e equipamentos agrícolas. O projeto conta com recursos do Fundo para o Desenvolvimento do Agronegócio do Algodão (Fundeagro) e Instituto Brasileiro do Algodão (IBA).

 

Tags:

O conteúdo de cada comentário é de exclusiva responsabilidade do autor e mensagens ofensivas não serão postadas.

1 Comentário

  1. Geordane disse:

    Tenho interesse no curso

Deixe o seu comentário!