20/dezembro/2018- Atualizado em 20/12/2018 11:15:33

Abapa contribui com formatura de estudantes da zona rural de Barreiras

Na noite da última sexta-feira (14), a Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) participou e contribuiu com a formatura de uma turma de cerca de 30 estudantes do 9ª ano do ensino fundamental da Escola Municipal Santa Luzia, na localidade Rio de Pedras, na zona rural de Barreiras. A solenidade foi fomentada pelo Núcleo Mulheres do Agro, por meio da Suzana Viccini, que vem promovendo um trabalho de parcerias, com as entidades representativas dos agricultores, com foco no desenvolvimento e “empoderamento” da comunidade.

Um dos formandos, o estudante Douglas Oliveira, explica que este é um importante momento para ele e toda a família ao fechar o ciclo. “Só tenho a agradecer a todo o pessoal da Abapa pelo apoio e colaboração e espero continuar nos estudos”, explica. Bastante emocionada ao participar da formatura, Vitória Abreu, diz que a festa é um “sonho e que com a ajuda da Suzana e da Abapa, essa celebração só nos impulsiona a seguir adiante e continuar estudando e trabalhando”, afirma. Vestidos com a tradicional “beca”, os estudantes tiveram direito a uma solenidade com todo o rito de uma formatura tradicional, com composição de mesa, ato cívico, outorga de grau com entrega do canudo e dos anéis pelos pais ou familiares, sendo finalizado com um jantar para as famílias dos formandos.

Ao abrir a solenidade, o diretor, Gleydson Pereira dos Santos, parabenizou o grupo de estudantes pela força de vontade e dedicação. “É por meio do estudo e desta força que vocês podem mudar a vida de vocês, das suas famílias e da comunidade onde vivem”, afirma. Em um discurso emocionado, a madrinha da turma, Suzanna Viccini, diz que este é um momento aguardado e importante para todos na comunidade. “A partir de agora, eles precisam sair da comunidade para estudar na cidade ou já buscarem emprego. Para muitos deles, esta pode ser a única formatura. Mas a minha certeza é de que desta escola sairá muitos meninos e meninas de fibra, da mesma qualidade do algodão produzido no Oeste da Bahia”, reforçou ela em seu discurso.

Presente na solenidade ao ser escolhido como o “paraninfo”, o presidente da Abapa, Júlio Busato, esteve presente na solenidade e presenteou os formandos com mochilas personalizadas. “Assim como os produtores de algodão, que já tiveram sua produção destruída por uma praga chamada bicudo, e não desistiram, desejo que persistam neste caminho na busca do conhecimento e do estudo”. No mês de junho, a Abapa levou agasalhos da campanha “Sou de Algodão” para os estudantes, sendo considerada, desde então, uma entidade parceira da localidade Rio de Pedras. A formatura também contou com o apoio e presença do empresário Osmar Martins, da Jaraguá Veículos, e da produtora Renate Busato, que também representava, na oportunidade, o Núcleo Mulheres do Agro.

Fonte: Assessoria de Imprensa Abapa | Araticum Comunicação

O conteúdo de cada comentário é de exclusiva responsabilidade do autor e mensagens ofensivas não serão postadas.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!