20/junho/2016- Atualizado em 20/06/2016 9:37:25

Semana de Cultura e Arte de Paratinga

Ely Pacheco | Fotos: Zé Legal

Flávio Venturini, dono de grandes sucesos em sua carreira

Flavio Venturini, dono de grandes sucessos em sua carreira

Realizada entre os dias 3 e 13 de Junho, a Semana de Cultura e Arte de Paratinga Reuniu na Praça 2 de Julho, artistas das mais variadas vertentes, mesclando o antigo e o moderno, o folclore e novo rock, a escultura e o samba de roda, a umbanda e a MPB. Foram 11 noites memoráveis onde os paratinguenses e visitantes puderam conhecer de perto sua própria história, sua cultura de raiz, sua arte contemporânea através das apresentações, das mostras e da exibição dos talentos em todas as áreas da arte. Convidados especiais também se fizeram presentes. Artistas do cenário regional e nacional mostraram o seu trabalho nestes dias que certamente ficarão na história dos eventos culturais do município.

De iniciativa da Secretaria Municipal de Cultura e Promoção da Igualdade Racial e com apoio da gestão municipal, a Semana foi aberta no dia 3 com a apresentação da Filarmônica 13 de Junho, que encanta os paratinguenses desde 1902 quando foi fundada. Na mesma noite se apresentou o Grupo de Zabumba e Cantadores da Cabaceira, localidade da zona rural. Os artistas locais João Pereira e Dizão fizeram show musical, mesclando ritmos afro e popular. No sábado dia 4, o sanfoneiro Antônio Coqueiro animou os feirantes e transeuntes com o Projeto “Forró de Feira”. Sanfona, zabumba e triângulo num ritmo bem nordestino nas manhãs dos dias 3 e 10 de Junho. À noite na praça, encontro de cultura popular com os cantadores das localidades de Nova União, Patos e Brejo das Moças. Os shows musicais ficaram a cargo de Cléber Eduão, Ivan Carinhanha e Evandro Correia. O domingo (5) trouxe para a praça um fragmento do folclore paratingeunse, com a apresentação da Roda de Samba e Roda de São Gonçalo com as dançadeiras do bairro São João. Os shows musicais foram de Danilo Borges e Lucas Vaz, artistas da terra. Do dia 6 ao dia 10, foram realizadas oficinas de teatro, artes, leitura e reciclagem com os monitores Danilo Borges, Eduardo de Sá, Bel Catingueira e Carlos Santana. Foram exibidos também documentários e curtas-metragens como “Do Buriti à Pintada” de Reizinho; “Mapeamento das Manifestações Culturais de Paratinga” e “Coisas de Paratinga” de Clédison Leite e “Grão de Arroz” de Som Araújo. Na quarta dia 8, a praça 2 de Julho viveu um momento sublime com o Sarau de Poesias. Participaram crianças, adolescentes e jovens alunos das escolas da rede pública municipal e estadual.

Semana-de-Cultura-e-Arte-de-Paratinga-02

No dia 9, o Grupo Cultural da localidade do Agreste veio para mostrar o seu talento de cantadores e repentistas. Outro fragmento do folclore paratinguense que se apresentou nesta noite foi o Reis do Boi. O show musical ficou a cargo do versátil Wilson Aragão. A sexta feira dia 10, trouxe uma das mais belas apresentações. No encontro de religiões de matriz africana, oito grupos dos terreiros de candomblé mostraram sua fé e sua tradição. O colorido das roupas, o ritmo dos tambores e a evolução dos componentes arrancou aplausos da multidão. Os shows musicais foram de: Dom Cabana, Grupo de Choro Paratinga e Cátia Castro. O sábado dia 11 trouxe novamente o folclore para praça; grupos culturais da Volta da Serra, Mangal e Santo Onofre apresentaram uma das mais antigas manifestações musicais do nordeste: a “chula” foi mostrada ao público cuja maioria nem sabia da sua existência. Os shows musicais foram de Aírton Guitarrista (blues e jazz), Fernando Tourinho e Álisson Menezes. No dia 12 o folclore paratinguense voltou com a apresentação do Zabumba Alecrim e do grupo de capoeira Menino Negro. Os shows musicais com Jozias Lauro e a grande atração da Semana: o cantor mineiro, fundador do Clube da Esquina Flavio Venturini arrancou aplausos da multidão que lotou a Praça 2 de Julho. No dia 13, se apresentou o Grupo Cultural da Marujada e encerrando os shows musicais o sempre versátil Carlos Vilela. O articulador cultural e artista da terra João Pereira proferiu durante a semana, palestras com os temas: Economia Criativa, Cultura e Cidadania e Conselho de Cultura. Há que se destacar a participação dos membros de Associações de Pequenos Produtores Rurais das localidades de Ponte, Seriema, Barro, Carrapicho Teiú e outras que trouxeram seus produtos e expuseram à comercialização, com grande afluência de compradores. Culinária, artesanato, cachaça artesanal, bordados, camisetas estampadas e esculturas estavam à disposição nos stands.

Semana-de-Cultura-e-Arte-de-Paratinga-03

A Semana de Cultura e Arte de Paratinga atingiu seus objetivos. Mostrar os valores da terra, despertar talentos em todas as áreas e criar um ambiente propício à frequência de um público que cada vez mais vê seu espaço reduzido nos eventos realizados seja pela iniciativa privada ou pública. A aprovação foi unânime dos visitantes e dos nativos que durante 11 noites estiveram na Praça 2 de Julho, levando seus filhos, suas famílias num ambiente aconchegante, de paz e de harmonia. A Prefeitura Municipal com recursos próprios patrocinou os eventos desta Semana memorável. A cultura agradece.

Tags:

O conteúdo de cada comentário é de exclusiva responsabilidade do autor e mensagens ofensivas não serão postadas.

3 Comentários

  1. Ivan Fonseca disse:

    Boa tarde, sou o guitarrista que tocou com Flávio Venturini ai na semana da cultura. Quero saber como eu consigo as fotos do show. Obrigado

  2. eu amei esses comentarios sobre nossas semanas culturais de paratinga ba-

  3. lindoh esses comentarios dos dias semanais de paratinga

Deixe o seu comentário!