07/novembro/2018- Atualizado em 07/11/2018 16:48:35

Hipólito: “Diretor de escola, para se candidatar a reeleição, precisa não ter se afastado do cargo por período superior a 30 dias nos últimos 24 meses”

Foto: Silvano Santos/Falabarreiras (arquivo)

Após reunião entre Secretaria de Educação, vereadores e Sindicato dos Professores, a Câmara de Barreiras aprovou na terça-feira (30), o projeto 018/2018, de autoria do Poder Executivo, que alterou as normas para a eleição de diretores e vice-diretores escolares do município.

Para o vereador Hipólito, autor da propositura de inclusão do Inciso VI que propõe que para se candidatar a reeleição o candidato precisa não ter se afastado do cargo por período superior a 30 dias nos últimos 24 meses, o que causou polêmica durante a votação. Todas as mudanças trouxeram pontos positivos como a valorização dos profissionais que concorrer às eleições para os cargos de diretor e vice das escolas municipais. “Não podemos ter uma educação de qualidade se não tivermos profissionais bem remunerados e motivados. Inclusive no projeto antigo necessitava-se de dois anos de efetivo trabalho para que o professor pudesse se candidatar, e agora acordamos com o sindicato e o prefeito que passaria para 150 dias”, destacou o vereador.

Com relação à inclusão do discutido Inciso VI, o parlamentar ressaltou que a proposta teria sido debatida na reunião anterior e que busca garantir maior efetividade no trabalho dos gestores escolares contribuindo na melhoria do ensino aos alunos da rede pública municipal. “A criação do inciso VI que criou polêmica na votação, foi discutido na reunião com o sindicato e eu coloquei que seriam 24 meses e permaneci com minha posição. O sindicato queria que fossem 12 meses, mas eu não achei justo, haja vista que o professor já tem mais de um mês de férias entre um ano letivo e o início do outro, e mais uma semana de recesso no meio do ano. O diretor tem que dar conta da qualidade de ensino em sua escola e tudo o que for condição para alcançá-la”.

Hipólito ressaltou que durante todo seu mandato tem buscado propor melhorias na qualidade e a valorização dos profissionais da educação no município. “Nós temos que caminhar na perspectiva de que a educação melhore em todos os sentidos em nosso município. São proposituras de fundamental importância para a melhoria da qualidade educacional da cidade. Eu acho que a inclusão desse inciso só vem a melhorar, não há perda alguma, nem para a gestão da escola nem para o município e muito menos para o sindicato. Eu tenho certeza que a inclusão desse inciso não trouxe nenhum malefício para nenhuma das partes, mas sim benefícios”, disse Hipólito.

O conteúdo de cada comentário é de exclusiva responsabilidade do autor e mensagens ofensivas não serão postadas.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!