06/dezembro/2018- Atualizado em 06/12/2018 10:45:07

Centro de Promoção Humana Eugênia Ravasco realiza Feira de Artes

Até 13 de Dezembro, o Centro de Promoção Humana Eugênia Ravasco, na Vila dos Funcionários, Rua B, 255, promove mais uma edição da Feira de Artes para arrecadar recursos que ajudarão na manutenção das atividades socioeducativas desenvolvidas com crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social.

Tapetes, toalhas, colchas, acessórios infantis e de cozinha em barbante, ponto-de-cruz, crochê e vagonite, feitos à mão, fazem parte da gama de produtos vendidos na feira, que funciona a partir das 08h30 até as 17h30, incluindo sábados e domingos.

“Nossa feira acontece anualmente geralmente no mês de dezembro com objetivo de mostrar para sociedade barreirense o trabalho sócioeducativo desenvolvido pela instituição e as peças de cama, mesa e banho produzidas durante o ano pelas meninas assistidas”, disse a professora e religiosa, Dília Fagundes de Souza, fundadora do CPH.

Atualmente 175 jovens, entre crianças e adolescentes do sexo feminino, são beneficiadas pelas atividades do centro que incluem reforço e acompanhamento escolar, aula de espanhol, oficinas de pintura em tecido, bordados, crochê, ilhós, aulas de teclado, violão, Informática e dança.

HISTÓRICO
No ano de 1996, a Congregação Religiosa Filhas dos Sagrados Corações chegou a Barreiras para desenvolver trabalhos pastorais junto a Diocese, na Capelania Santa Rafaela Maria, hoje Paróquia, na qual, depararam com situações de pobreza. Após uma reflexão sobre realidade local, as Irmãs sentiram a necessidade de ir além dos serviços pastorais e de evangelização e começaram a agregar atividades de assistência social visando a promoção humana na região.

Nasceu em 07 de fevereiro de 2000, uma extensão da Casa dos Sagrados Corações, um projeto social intitulado de Centro de Promoção Humana Eugênia Ravasco com objetivo de promover atividades socioeducativas, no bairro Vila dos Funcionários e adjacências tendo como público alvo crianças e adolescentes do sexo feminino em situação de vulnerabilidade social, dos bairros Cascalheira, São Sebastião, Vila Amorim, Vila Rica, Vila dos Funcionários e Santo Antônio.

Durante estes anos de serviços prestados, várias jovens foram encaminhadas ao mercado de trabalho, algumas estão cursando nível superior outras já concluíram sua graduação, vale ressaltar que muitas delas apreenderam a doar um pouco do seu tempo a instituições sociais.

Fonte e fotos: Dircom Barreiras

O conteúdo de cada comentário é de exclusiva responsabilidade do autor e mensagens ofensivas não serão postadas.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!