23/maio/2018- Atualizado em 23/05/2018 7:57:56

Bispo de Barreiras, Dom Josafá Menezes vai receber a comenda Dois de Julho

Nesta quinta-feira (24) Dom Josafá Menezes, Bispo diocesano de Barreiras vai receber a comenda Dois de Julho, em Salvador. Essa importante homenagem, representada por uma medalha denominada “Dois de Julho”, é dedicada a cidadãos baianos que prestam serviços relevantes ao estado da Bahia e reconhece a contribuição do sacerdote para o desenvolvimento da sociedade do oeste da Bahia.

A solenidade de entrega da homenagem vai acontecer na Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA, em uma sessão especial, às 10h desta quinta-feira (24). Dom Josafá agradece e recorda o significado da importante condecoração: “Um agradecimento muitíssimo especial ao Deputado Estadual Antônio Henrique Júnior, autor da proposta desta comenda, ao presidente da Assembleia Legislativa, Ângelo Coronel, e aos demais deputados desta casa pelo voto favorável à concessão da comenda”, destaca Dom Josafá; e completa: “Tenho procurado nas minhas ações, na ação das pastorais e movimentos da Diocese de Barreiras e em todas as instituições, trabalhar pelas liberdades do oeste da Bahia. Liberdade dos vícios e dos pecados, mas também do atraso e dos limites as opções pouco sensíveis dos homens impõem à Barreiras e região”, evidencia.

Dom Josafá Menezes nasceu em 02 de janeiro de 1959, na cidade de Salinas de Margarida-BA, foi ordenado sacerdote em 14 de maio de 1989 e ordenado Bispo dia 10 de março de 2005. Foi Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Salvador entre março de 2005 a dezembro de 2010. Em 26 de fevereiro de 2011, tomou posse como o 2º Bispo da Diocese de Barreiras.

Não é a primeira vez que a Assembleia Legislativa homenageia o Bispo de Barreiras. “Em maio de 2004, por iniciativa da deputada Antônia Pedrosa, a ALBA concedeu o título de Cidadão Baiano a Dom Ricardo Weberberger, 1º Bispo da Diocese de Barreiras, condecoração importante para um missionário estrangeiro, um reconhecimento oficial de que se uniu profundamente às ovelhas, tornando-se ‘carne de sua carne e osso de seus ossos’, lembra Dom Josafá.

A “Comenda Dois de Julho – Liberdade da Bahia” foi instituída através da Lei nº 11.902 de 20 de abril de 2010, assinada pelo Governador Jacques Wagner. Trata-se da mais alta honraria concedida pelo Legislativo baiano a cidadãos reconhecidos pelos serviços prestados ao Estado da Bahia, a modo dos heróis daquele longínquo 2 de julho de 1823.

Fonte: Ascom Diocese de Barreiras

O conteúdo de cada comentário é de exclusiva responsabilidade do autor e mensagens ofensivas não serão postadas.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!