31/julho/2017- Atualizado em 30/07/2017 11:17:26

Artista transpop grava clipes em Salvador

Já aplaudido em palcos de Cuiabá, Curitiba, Florianópolis, Salvador, São Paulo, Itália e Bélgica, o artista transpop Rohmanelli está em Salvador para gravar o clipe de uma versão remix de Mantramovimento – seu primeiro single após o lançamento do álbum “Anomalous”, em 2016. Também grava uma versão remix de Eu não quero namorar, do repertório de “Anomalous”, com a participação da dupla de rap baiana Conceito Articulado, da cidade de Cachoeira.

A gravação, no Centro Histórico da capital baiana, tem a direção artística do fotógrafo e cineasta Pico Garcez, conhecido por trabalhos para artistas como Ivete Sangalo e Claudia Leitte.

Rohmanelli é um cantor e compositor italiano que mora no Brasil e tem sido artista desde a sua infância na Itália, durante a qual praticou dança, teatro e, claro, desenvolveu sua paixão pela música. Mantramovimento, seu primeiro maxi single, é um exemplo perfeito do que ele chama de TRANSPOP: uma estrutura tipicamente pop com uma parte rítmica principal, um formato de canção com versos breves e refrões que se repetem melodicamente.

Mas ao contrário do pop tradicional, o conteúdo das músicas do TRANSPOP não busca agradar a audiência ou atingir o público de forma superficial, já que se aproxima mais do rock, punk ou rap, por isso o artista o define como techno-punk. “TRANSPOP está aqui para questionar tudo: conceitos, gêneros musicais e sociais e promove a idéia de dissolução de todos os locais definidos e identidades fixas. É TRANSPOP porque continua a sofrer mutações e desconstruções, como a complexidade da realidade”, afirma Rohmanelli.

Veja o vídeo oficial de Eu não quero N.A.M.O.R.A.R

O conteúdo de cada comentário é de exclusiva responsabilidade do autor e mensagens ofensivas não serão postadas.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!