16/maio/2018- Atualizado em 16/05/2018 14:19:42

Agricultura e Meio Ambiente estarão na pauta das discussões da sessão itinerante da Assembleia Legislativa da Bahia durante a Bahia Farm Show

Pelo terceiro ano consecutivo, a Bahia Farm Show sediará uma sessão itinerante da Assembleia Legislativa da Bahia. No dia em que a edição 2018 da feira será oficialmente aberta, terça-feira (29), deputados estaduais e agricultores se reúnem para abordar temas de interesse e estreitar o relacionamento. A novidade é que este ano, além da Comissão de Agricultura e Política Rural, farão parte da comitiva deputados representantes da Comissão de Meio Ambiente, Seca e Recursos Hídricos. A sessão será às 16h, no auditório da Fundação Bahia.

Para o autor da proposta de realização da sessão e também presidente da Comissão de Agricultura, deputado Eduardo Salles, o espaço é propício ao diálogo e fundamental para que os parlamentares ouçam as demandas regionais e as defendam, com a criação de leis específicas. “Ampliamos a participação das comissões por entender a importância das discussões em torno da agricultura e do meio ambiente. Estaremos prontos para ouvir as demandas das associações, cooperativas e sindicatos, entender os problemas existentes e buscar soluções, estamos prontos para ajudar”, disse.

Com presença confirma no evento, o deputado estadual Antônio Henrique Júnior (PP), que é membro das duas comissões, destaca a importância das sessões itinerantes como a da Bahia Farm. “Faço questão de estar presente. Nós parlamentares temos a obrigação de conhecermos o modelo de agronegócio que é praticado na região oeste, para, assim, podermos dar a nossa parcela de contribuição visando o fortalecimento deste segmento tão importante para a economia baiana”.

A coordenadora geral da feira, Rosi Cerrato, destaca que o evento, além de está consolidado como uma das maiores vitrines de tecnologia agrícola no cenário nacional, se fortalece como importante palco de discussões e disseminação de conhecimento que busca agregar mais valor à agricultura regional. “Dentro deste foco, a sessão itinerante aborda questões e situações vivenciadas no dia a dia, pelo produtor do oeste. É um momento estratégico de expor aos nossos representes políticos a necessidade de se criar leis e medidas eficazes, capazes de viabilizar a atividade e fortalecê-la ainda mais”, fala.

A treze dias do início do evento, a expectativa dos organizadores é que a edição 2018 repita o sucesso do ano passado, quando atingiu a marca histórica de R$ 1,531 bilhão em intenções de negócios, e que mais de 70 mil pessoas visitem o Complexo Bahia Farm Show nos cinco dias de evento, entre os dias 29 de maio e 02 de junho. A feira é organizada pela Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), com o apoio da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), Fundação Bahia, Associação dos Revendedores de Máquinas e Equipamentos Agrícolas do Oeste da Bahia Ltda. (Assomiba) e Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães.

Fonte: Araticum Comunicação

O conteúdo de cada comentário é de exclusiva responsabilidade do autor e mensagens ofensivas não serão postadas.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!